sexta-feira, junho 21, 2024
InícioAmazonasManausRoberto Cidade assume três compromissos com Manaus: Auxílio, guarda armada e saúde

Roberto Cidade assume três compromissos com Manaus: Auxílio, guarda armada e saúde

Em entrevista ao programa Boa noite, Amazônia, da Rede Onda Digital, nesta terça-feira, 28, o pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Roberto Cidade (UB), assumiu três compromissos já estabelecidos em seu Plano de Governo:

⁃Implementação do Auxílio Municipal Permanente

⁃Ampliação da Guarda Municipal, com todos o efetivo armado.
⁃ Criação de 12 unidades de pronto atendimento, abertas 24 horas por dia, distribuídas  em todas as zonas da capital.

“Esses três compromissos têm capacidade de melhorar a qualidade de vida da nossa população”, afirma Cidade.

Segundo ele, os três compromissos serão a espinha dorsal do seu plano de governo.  “Manaus enfrenta inúmeros desafios, mas precisamos diferenciar urgência de prioridade. Entendo que o Auxilio, o fortalecimento da Guarda e da rede de saúde municipal são urgências”,  explicou o pré-candidato pelo União Brasil.

Primeira ação

Caso seja eleito, Cidade afirma que seu primeiro ato como prefeito,  será enviar à Câmara Municipal de Manaus uma mensagem criando  o Auxílio Municipal Permanente.

“É preciso assegurar o projeto  em lei para que ninguém possa retirar o benefício, como fez o atual prefeito”, disse Cidade, referindo-se ao Auxilio Manauara, extinto por Davi Almeida, em janeiro de 2022. A extinção do programa deixou 40 mil famílias desassistidas às vésperas de uma estiagem anunciada.

O segundo compromisso firmado pelo pré-candidato é a implementação de 12 prontos-socorros municipais, abertos 24 horas por dia, com capacidade para ofertar consultas, exames e remédios em um só lugar.

O objetivo, diz Cidade, é que a Prefeitura assuma sua responsabilidade na atenção básica para que a população tenha atendimento efetivo. Ou seja: que as unidades funcionem 24 horas por dia, inclusive aos finais de semana, com equipes capazes de atender urgências de menor complexidade.

Atualmente, pelo menos 70% dos pacientes que procuram as emergências dos hospitais do Estado deveriam estar sendo atendidos na rede municipal.

“Manaus é a única entre as dez maiores capitais do país que não possui pronto-socorro municipal”, diz Cidade.

Segurança

Ao falar sobre o terceiro compromisso, Cidade afirma que aumentará o efetivo da Guarda Municipal que passará a ser 100% armada.  Hoje, Manaus tem apenas 385 guardas, sendo apenas 10% armados.

“Fortaleza, que é uma cidade praticamente do tamanho de Manaus, tem  2.700 guardas. Nosso intuito é expandir a Guarda para melhorar a segurança na nossa cidade”, finalizou. A Guarda do Cidade irá fazer ronda nas escolas, em terminais de ônibus e no centro da capital.

- Publicidade -spot_img

Siga nossas Redes

Últimas Notícias

- Publicidade -spot_img
spot_img

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui